Turismo

duração: 6 semestres
180 ECTS (160 obrigatórios e 20 optativos em UCS; )
Cód. Par Estabelecimento/DGES: 0604/9254

Apresentação

A licenciatura em Turismo é uma graduação de banda larga que valoriza a formação em domínios fundamentais da atividade turística. Os futuros profissionais são dotados de instrumentos conceptuais e analíticos para uma intervenção credível nas atividades de planeamento de produtos turísticos, práticas de agências de viagens, desenvolvimento de empreendimentos turísticos, organização de eventos e atividades de animação, concepção e implementação de projetos turísticos. Os alunos adquirem conhecimentos e competências específicas para atuar com sucesso nas organizações turísticas, capacitando-os para apresentar e fundamentar ideias e soluções inovadoras e competitivas, face a circunstâncias políticas, económicas, sociais, científicas e éticas relevantes. A transferência de conhecimentos e competências para os alunos é feita recorrendo a metodologias de aprendizagem diversificadas: visitas de estudo técnicas, participação no desenvolvimento de ideias criativas em contexto de laboratório de projetos, dinamização e participação em seminários e workshops, organização de eventos em contexto de aprendizagem, participação em ações organizadas pelas entidades parceiras e a realização de estágio. Também permite o acesso (optativo) a certificação em software de reservas e emissão de bilhetes de avião. O estágio curricular (3 meses) assume particular relevância para os alunos, uma vez que os integra nas organizações mais competitivas do sector com o objetivo de reforçar e complementar a sua aprendizagem num domínio dos serviços turísticos.

Saídas Profissionais

As principais saídas profissionais dos licenciados registam-se ao nível das agências de viagens e operadores turísticos; empreendimentos turísticos (ex. unidades hoteleiras e de turismo no espaço rural); empresas de animação turística e de organização de eventos; adegas de enoturismo; empresas de consultoria especializadas no desenvolvimento de projetos turísticos; estabelecimentos de ensino e investigação no domínio do turismo; entidades regionais de turismo; associações de desenvolvimento local e regional; nos diversos órgãos, serviços e agentes da administração direta e indireta do Estado que assumem competências no desenvolvimento do turismo. Empresas; Organizações da Economia Social; Organizações internacionais; Administração pública Central e regional; Autarquias; Agências de desenvolvimento; Associações.  

 

 

Adjunto(s)

Filipe Ribeiro
Jaime Manuel Moleiro Serra
Joana Lima

Gestor Académico

Ana Cristina Alves Dias Vale